Nosso website utiliza cookies para tornar a sua visita mais eficiente. Sem eles algumas áreas como menus, blocos ou slideshows não poderão ser exibidas.

Perfil BnA: Carina Dittrich

 
Primeiras impressões e adaptação na Alemanha
 
Esperava encontrar cidades bem maiores e pessoas mais abertas. Os Dorfs foram algo muito novo pra mim, jamais havia imaginado que teriam cidadezinhas minúsculas assim em algum lugar. Esperava que o idioma alemão fosse difícil de aprender, mas não tanto. E descobri que é uma língua que você só aprende quando que de verdade, sem vontade não adianta, ela conta.

O começo é complicado sempre, fase de adaptação e aceitação de que as coisas não são e nem nunca serão como no nosso país, então passei por fases de achar aqui muito ruim, de querer voltar, de achar que no Brasil tudo era melhor. Com o tempo, a gente aprende que a Alemanha tem muita coisa boa a nos oferecer, e que aprender o idioma é fundamental pra se integrar na sociedade. A gente aprende a apreciar todas as estações, que são mais definidas, e descobre que ter estabilidade e segurança não tem preço que pague!, completa.

Os hábitos germânicos: Aprendi a reciclar todo o lixo, separar tudo, lavar embalagens, vidros, papéis... Não consigo mais jogar tudo junto no lixo como fazemos no Brasil, me dói a alma de verdade. Mas acho que jamais vou conseguir lavar a louça com pia cheia de água e sabão, sem enxaguar em água limpa. Mas no geral, sou bem alemãzinha, já, comenta sorrindo.

Voltar para o Brasil? No momento não quero voltar. Amo meu país, e já amo a Alemanha também, pesando prós e contras, no momento a Alemanha é onde queremos estar. O ideal seria passar a semana aqui, e o final de semana no Brasil. E continua, falando de um pedacinho do Brasil que ela traria para cá: Traria uma praia qualquer, pra agradar meu marido, que morre de saudades do mar.

 

A "feijoada da Carina", um momento inesquecível em sua chegada no país

carina

Nunca vou me esquecer que logo que cheguei aqui na Alemanha inventei de fazer uma feijoada pro chefe e colegas de trabalho do meu marido, mas a "super-chef" aqui conseguiu queimar o feijão. O gosto estava horroroso e meu marido disse: - Ah, serve assim mesmo e não fala nada, eles não conhecem feijoada e não vão nem saber que tem outro gosto! (risos) Foi que eu fiz! Mas não ganhei muitos elogios naquela noite (além daqueles falsos de praxe!), conta ela, em seu tom divertido. 
A comida brasileira lhe faz falta e ela diz ficar salivando só de pensar em coxinhas, pastéis, churrascos, etc.  Vou até parar de pensar antes que estrague o teclado com saliva! (risos).

A eterna estudante de alemão, como gosta de dizer, acha uma frase neste idioma bastante interessante: "Ach sooooooooooo!". É algo como o nosso "Aaahhh!" ou "agora entendi!".

Carina por Carina
carinaSe auto-definir é complicado sempre, mas vou tentar: A Carina é uma menina-mulher, forte, franca, direta (doa a quem doer!), honesta, muitas vezes impulsiva (Áries com ascendente em Áries, não teria como ser diferente), tagarela, fiel, boa amiga, companheira. Cheia de fases e cheia de vontades. Viciada em internet, péssima cozinheira, autoritária e impaciente. Super-mulherzinha: adora maquiagens, roupas, sapatos, bolsas, cremes e tudo ligado à vaidade feminina. Ama viajar e vive com o pé na estrada. Uma pessoa muito feliz, muito amada e agradecida por ter vivenciado tanta coisa maravilhosa!!
 

pingpong

Ping pong com Carina Dittrich
 
 
 
Perfume: DKNY Be Delicious
Homem bonito: Reinaldo Gianechinni 
Mulher bonita: minha mãe, a mãe mais linda do mundo!
Quem você levaria para um ilha deserta? Um chapéu, óculos de sol, protetor solar, alguns livros.
Quem você deixaria numa ilha deserta? Os políticos do Brasil, de preferência numa ilha tipo Atlantis que imergiria pra sempre.
Escritor(a): Nossa, são vários, seria injusta citando alguns.
Cantor(a): Pode ser Pintor? Jan Veermer, Hieronymus Bosch e Vicent Van Gogh, genios!
Música: Pode ser um quadro? Blossoming Almond Blossom, 1890 de Van Gogh. A história deste quadro me tocou pra sempre, meu favorito.
Livro de cabeceira: É uma revista: Deutsch Perfekt, compro todo mês e adoro!
O que você está lendo ou qual foi a última coisa que você leu? Li o livro 1808 que conta a ida da corte portuguesa ao Brasil, um excelente livro sobre nossa história.
Alemão: Minha opinião sobre os alemães muda conforme meu humor no dia e conforme a experiência que tive nas últimas horas, portanto como ela vai a extremos rapidamente prefiro deixar passar esta pergunta. ;)
Alemanha: Um país belo e com muitas qualidades, mas onde você tem que ser forte pra sobreviver.
Sul ou Norte? Sul, sou encantada com a visão dos Alpes.
Viagem dos sonhos: Já viajei pra lugares que jamais imaginei colocar os pés, e já estive em vários lugares que sonhei, mas o mundo é grande e a viagem dos sonhos é sempre a próxima!
Cidade(s) preferida(s): Paris, Chicago, Volendam (Holanda), Floripa...
O que mais gosta: Sair pra passear, ver pessoas diferentes, paisagens diferentes, experimentar novos sabores.
O que mais detesta: Injustiças, de qualquer tipo.
Comida preferida: Carreteiro feito pela minha mãe, imbatível!
Bebida: vinho tinto e água sem gás, a dupla perfeita.
O que te relaxa: conversar com minhas amigas.
O que te estressa: dias e dias de céu cinza.
Eu jamais faria: aprendi a não falar jamais.
Eu adoro fazer: planejar viagens, viajar, bater fotos.
Se você não vivesse na Alemanha, onde você viveria? Nos Estados Unidos.
Um sonho: ver meu país ser um pouco mais justo, com menos roubalheira.

BNA's por Carina Dittrich
Queria dizer que ADORO todos do Verdinho e que este site faz  parte da minha vida; nele fiz muitas amizades maravilhosas, aprendi muito sobre a Alemanha e seus hábitos, tradições, dicas, utilidades, etc. Tive apoio nos momentos difíceis e comemorei acontecimentos bons e alegres, portanto quero dizer a cada um de vocês que fazem parte do meu dia-a-dia: MUITO OBRIGADA! Vocês são especiais e fazem minha vida na Alemanha mais feliz!!

Carina por BNAs
Depois de conhecer um pouco mais Carina Dittrich, deixe aqui seu comentário para ela! Escreva um e-mail para nosso Portal e sua frase aparecerá em algumas horas .

"Carina: uma pessoa de coração enorme e um sorriso gostoso para os amigos. Conheci a Carina no Orkut e depois acabamos tomando um sorvete juntas, transformando a amizade virtual em uma amizade real. Obrigada por ser essa pessoa meiga e carinhosa. Obrigada por essa amizade linda! Estou com saudades, a gente se vê em julho para tomar outro sorvete, ok? Beijo enorme e cheio de carinho!" (Ute Ritter - Bonn, Alemanha)

"Carina é um doce de pessoa, super atenciosa e empolgada. Sempre disposta a ajudar e sempre alto-astral. Nossa amizade é virtual, mas por enquanto..." (Tatiani Loro - São Paulo, Brasil)

"Adorei conhecer um pouco mais sobre a Carina. Não me surpreendi em saber que a viagem dos seus sonhos é sempre a que está para vir, porque vejos fotos lindas sempre que posso no álbum dela. Não a conheço pessoalmente, mas ela sempre me passa uma impressão de pessoa atenciosa, engracada e inteligente! Parabéns pelo perfil! Te desejo muito sucesso sempre!" (Laura S. - Dortmund, Alemanha)

"Poucas pessoas fazem tão jus ao apelido que têm quanto a Carina. A Fadinha tem o dom da receptividade, do carinho, da franqueza, da amizade e do bom-humor, sempre em doses exatas. Tudo o que torna a convivência virtual uma experiência das mais agradáveis. Deixo aqui registrada a minna admiração por alguém que é tão especial para todos nós." (Celso Kobashi - São Paulo, Brasil)

"Minha VIZINHA !!! (mas por pouco tempo né?!) Podes deixar de ser minha vizinha, mas será sempre uma amiga muito especial!!! Posso dizer que um percentual (bem grande por sinal), por eu gostar de morar aqui, é por ela. Sempre dando dicas, nos ajudando... é muito querida, divertida, parceira.... ADORO nossos encontros. É uma pessoa que acrescenta... e é esse tipo de pessoa que gostamos de ter por perto. Obrigada por tudo vizinha!! És muito especial mesmo!!! Você sabe que SEMPRE que precisares de alguma coisa, estarei aqui para ajudar!!!Beijossss com carinho." (Sissa - Frankfurt, Alemanha)

"Pois é né, como é o destino. Trabalhamos num mesmo lugar e numa mesma época, em Floripa, e não nos conhecemos. E em 2006 tive a sorte de te encontrar no Verdinho. Saiba, Carina que te acho uma pessoa muito amiga, prestativa e também muito carinhosa... beijinnnn" (Maria - Stromberg, Alemanha)

"Bem, a Carina é o nosso catálogo de viagens ambulante! Ela adora viajar e esta sempre nos brindando com fotos lindas! Além disso é uma companheirona no dia-a-dia por estas bandas, mesmo que virtualmente, por enquanto, pois espero logo mais poder conhecê-la pessoalmente. Carina, um grande beijo pra vc e obrigada por estar sempre presente!" (Stella - Essen, Alemanha)

"Carina é um amor! Pessoalmente é ainda mais cativante. Uma das coisas mais marcantes que percebi ao encontrá-la foi a maneira como ela consegue nos deixar à vontade. Ela faz o maior sucesso com as crianças, é impressionante. Espero em breve voltar a Frankfurt para visitarmos o "Shopping das Águas Pulantes da Carina" e para repetir o evento "invasão de lojas de sapato" com minha filhinha ou dançar em loja de brinquedos ao som de algum ursinho simpático. A Carina é muito divertida!!!" (Lia A. - Stuttgart, Alemanha)

"Carina você é um show de amiga, inteligente, meiga, verdadeira, viajadeira, sorridente acima de tudo uma pessoa boa. Eu adoro ser sua amiga, amiga da fadinha Carina. Ela sempre lembra de suas amigas e é sempre lembrada por elas. Isso é um sinal que ela é maravilhosamente querida! Mil beijins de uma das amiga de hoje e sempre." (Andrea B. - Berlin, Alemanha)

"A Fadinha é Fadinha por causa de uma certa caixa de chocolates Bis que apareceu aqui em casa!! E depois que eu a conheci e a minha pimpolha se apaixonou por ela à primeira vista, virou a Fadinha Azul!! heheheheheh... E a Carina tem todas as qualidades de uma Fada, é generosa, amiga, prestativa, com um coração capaz de abraçar o mundo!!!!! Carina, te desejo toda a sorte e felicidade do mundo, você merece!! Beijos!!" (Aléxia S. - Erlangen, Alemanha)

 

 


Texto: Lia A.
Revisão: Celso Kobashi
Fotos: gentilmente cedidas por Carina Dittrich.

Copyright: http://www.brasileiros-na-alemanha.com  - Este texto só poderá ser reproduzido ou traduzido (completo ou em parte) com autorização do site Brasileiros-na-alemanha.com. A reprodução só será autorizada através de contato com o site e se forem DADOS OS DEVIDOS CRÉDITOS AO SITE E À AUTORA.
 


A divulgação DO LINK para este artigo está liberada.

You have no rights to post comments

Produtos Brasileiros

Top