Nosso website utiliza cookies para tornar a sua visita mais eficiente. Sem eles algumas áreas como menus, blocos ou slideshows não poderão ser exibidas.

Sacos de plástico pelo mundo

Na Coréia do Sul, em Bangladesh e na China, as sacolas plásticas gratuitas são proibidas por lei e com isto há uma economia de 37 milhões barris de petróleo por ano (3) somente na China. Em vários países da Europa, incluindo a Alemanha, as sacolas plásticas são cobradas, o que leva grande parcela da população a utilizar a sacola retornável nas compras.

Mesmo com o crescimento da consciência ecológica, a população ainda não percebeu que pequenas mudanças no seu dia-a-dia podem beneficiar o meio-ambiente. Para muitos consumidores, levar uma sacola de pano extra no carro ou na bolsa ainda é um empecilho.

Mas o Brasil começa a dar os primeiros passos para diminuir o uso de sacolas e estimular a utilização destas de forma mais consciente. Alguns supermercados já vendem as sacolas retornáveis para os clientes colocarem as compras ou oferecem caixas de papelão. E Belo Horizonte é a primeira cidade do país a obrigar os estabelecimentos comerciais a substituirem as sacolas plásticas por outras feitas de material biodegradável ou reciclado. O decreto que regulamenta a Lei Municipal 9.529, de autoria do vereador Arnaldo Godoy (PT), e já foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM).

É importante ressaltar que é necessário combater o problema da poluição ambiental, mas não se deve esquecer de apresentar alternativas para todos ligados ao setor da produção industrial, responsável pela geração de empregos.

O primeiro dever de casa para os leitores: calcular quantas sacolas plásticas foram utilizadas na última compra e se estas foram devidamente re-utilizadas.
Vamos fazer a nossa parte e reduzir o consumo já!

1. EPA: Agencia de Proteção Ambiental dos EUA.
2. http://www.oeco.com.br
3. http://www.thedailygreen.com

Texto: Carolina Moraes
Foto: Carolina Moraes

Copyright: Carolina Moraes (autorização de publicação para brasileiros-na-alemanha.com/portal/)

Este texto só poderá ser reproduzido ou traduzido (completo ou em parte) com autorização da autora e do site Brasileiros-na-alemanha.com. A reprodução só será autorizada se forem DADOS OS DEVIDOS CRÉDITOS AO SITE E À AUTORA.

A divulgação DO LINK para este artigo está liberada.

You have no rights to post comments

Top