Nosso website utiliza cookies para tornar a sua visita mais eficiente. Sem eles algumas áreas como menus, blocos ou slideshows não poderão ser exibidas.

Despedida e desapego

Quando o relacionamento acaba e a gente não quer aceitar, fica tudo mais doloroso, mas no caso dela, a coisa tá bem pior: ela não somente não aceita o término, como ainda acredita que o moço vai deixar a outra, que seria apenas um empolgamento passageiro. Qualquer um de nós pensa logo, poxa faz parte da idade, com 19 anos a gente pensa que aquela paixao é pra toda vida e que nunca mais, mas NUNCA MAIS vamos querer outra pessoa.. Obvio? Não!!

Ainda não li os depoimentos no Facebook, mas de antemão quero falar pra esta garota que independente da idade, em todos nós mora uma Rosa, ferida, despedaçada, carente, mas destemida, impulsionada por fantasias, ilusões ou projeções, querendo buscar de volta aquilo que a vida nos levou. Nao cabe agora dizer nem pensar que a vida sempre sabe o que faz e mais cedo ou mais tarde a gente percebe que só fica aquilo que tem ficar e muitos ciclos tem que ser fechados para que outros possam ser vivenciados. Nem precisa agora listar todas frases prontas que falam da sabedoria do tempo ou sobre a necessidade de desapegar e deixar ir embora... Sejamos pragmáticos e digamos: Rosa, pense bem em tudo que voce está arriscando e deixando aqui para ir atrás de alguém que não te convidou, que também tem o direito de viver nova vida e amar outra pessoa.

Volto agora para o meu filme que me faz lembrar outro filme: „Always“ de Spielberg ( a Rosa não era nem nascida neste tempo!), onde um protagonista fala que a maior dor desta vida seria o amor que a gente não revelou...Aquela velha estória de gostarmos de alguém e, quase sempre por orgulho, não confessarmos. Depois disto aprendi a ter coragem de falar sobre sentimentos, pensando que com este pecado não vou parar no inferno. Legal ter coragem de dizer, mas melhor ainda é aceitar um não sem se desesperar ou quere cometer loucuras em nome do tal amor. Expor os sentimentos exige muita coragem e desprendimento, tem gente que reage com medo, se sentindo quase que pressionada a dizer o mesmo ou a corresponder de algum modo às nossas emoções e expectativas. O tiro sai muitas vezes pela culatra.

O diabo não é gostar de quem não gosta da gente, mas pior: gostar e ainda esperar algo da pessoa, que já mostrou por A mais B que simplesmente não quer nenhum relacionamento. A teoria é facil de entender mas muito dificil de se aplicar. Cada um tem que buscar a cura como bem lhe couber, mas certo é: a cura existe e seja lá qual caminho escolhido, todos eles vão exigir de nós basicamente o mesmo: escute e enfrente a dor, chore, se descabele, xingue deus e o mundo, mas saiba que somente voce pode trazer felicidade para tua alma, ninguem mais é obrigada a faze-lo, ninguém vai querer asumir a responsabilidade por isto. Tenha paciencia e tolerancia consigo. O tempo foi algo inventado para agir entre os intervalos da vida, para que tudo não acontecesse de uma só vez. Esta definição não é minha, mas tornou-se meu guia neste longo roteiro em busca do desapego e da arte da despedida.

 

 


 

Copyright: Claudia Sampaio
Foto: Claudia Sampaio
Reprodução ou tradução: entre em contato com nosso portal.

A divulgação do LINK para este artigo está liberada.

Os temas, dados e opiniões publicados nesta coluna são de responsabilidade DA AUTORA, não refletindo necessáriamente a opinião do portal Brasileiros-na-Alemanha.com e sua equipe.


You have no rights to post comments

Top